top of page

BLOG VITGOLD

  • Foto do escritorVitgold

Cranberry com Proantocianidina: este funciona.

Atualizado: 15 de jan.

O Cranberry é uma fruta originária da América do Norte, seu cultivo é predominante nos Estados Unidos, Canadá, Chile e Polônia. Por ser uma planta de característica rasteira, as plantações são alagadas para que os frutos flutuem, o que facilita sua colheita e deixa linda a paisagem do local.


No Brasil ela é chamada de Oxicoco e não temos seu cultivo, sendo a fruta importada in natura, em pó e na forma de suplementos.

O Cranberry começou a ter destaque por seu benefício no tratamento de infecções, já que os índios nativos americanos sabiam de suas propriedades antissépticas e usavam para tratar ferimentos, com o tempo este conhecimento foi passado de geração em geração até chegar aos tempos atuais.


Principais nutrientes da fruta.

Além de ser rico em vitaminas A, C e K, fibras e substâncias altamente antioxidantes como flavonóides e ácidos fenólicos, esta frutinha, vermelho brilhante, contém como principal nutriente uma substância chamada Proantocianidina (PACs), que auxilia na saúde da pele, do coração e pode impedir a saída de bactérias intestinais para o trato urinário, ou seja, para a mucosa da bexiga e células uroepiteliais , prevenindo assim, o surgimento de infecções do trato urinário (ITUs).


A Proantocianidina.

É um composto ativo com características antioxidantes, antibacterianas e anti-inflamatórias. É uma substância responsável pela ação de prevenção contra infecção no trato urinário, ocasionada pela bactéria Escherichia coli. Dessa forma as proantocianidinas atuam como inibidores da adesão de bactérias às células uroepiteliais e, assim, previnem a colonização e o crescimento bacteriano.


O que dizem os Estudos Científicos.


A fruta é rica em 88% de água e vitamina C tendo os compostos bioativos proantocianidinas com atividade para matar germes e melhorar a cicatrização, sendo que estudos científicos também comprovam sua eficácia na redução do colesterol, na manutenção da integridade celular e retardo de seu envelhecimento, e seu principal benefício: auxiliar no tratamento de infecções do trato urinário.


As antocianidinas e as proantocianidinas são taninos que apresentam uma função de defesa natural contra as células microbianas, são fontes de excelentes antioxidantes de alta qualidade (SALO et al., 2012).

A ocorrência de infecção do trato urinário (ITU) é uma das patologias mais comuns atualmente (KIM et al., 2011). Mais da metade dos casos de infecção do trato urinário são causados pela presença da Escherichia coli (BURGER et al., 2000). A mulher se torna um fator de risco devido ao uso de contraceptivos, resistência antimicrobiana, menopausa, relação sexual e fatores genéticos (BONETTA; PIERRO, 2012).


A Escherichia coli apresenta uma importante propriedade de aderência no hospedeiro. Sem adesão a bactéria não consegue infectar a superfície da mucosa. Esta adesão pode ser mediada por dois componentes do Cranberry, a frutose e as proantocianidinas. As bactérias fimbriae para se ligarem à mucosa, é necessário realizar uma ligação ao receptor específico e as proantocianidinas agem como um receptor análogo, inibindo a adesão da E. colinas células epiteliais. Esta reação reduz as reincidências de quadro de infecção do trato urinário, diferente do uso de antibióticos (BERGMAN et al., 2011).

Envelhecimento precoce.

O Cranberry possui antioxidantes (moléculas capazes de interferir ou minimizar no envelhecimento celular precoce) em grandes quantidades e também vitamina C, o que colabora para a saúde da pele. Também tem o poder de proteger as células de danos causados pelos radicais livres, problemas degenerativos como perda de memória e coordenação.

Coração e imunidade.

Os componentes da fruta suprimem e atrasam a oxidação do colesterol ruim (LDL), por outro lado beneficiando as plaquetas sanguíneas, fazendo bem para retardar o aparecimento de doenças cardíacas por sua atuação anti-inflamatória, desta forma, ajuda a proteger também os vasos sanguíneos. Pela presença da Proantocianidina, potencializa a função imune e protege o organismo de infecções virais e bacterianas.


Com a divulgação de suas propriedade benéficas para a saúde, muitas pessoas passaram a consumir o Cranberry, mas deve-se ter atenção a alguns detalhes como dar preferência a produtos originários dos países produtores, pois alguns laboratório de outros países utilizam insumos que não preservam seus nutrientes.


E, claro, procure sempre um médico ou nutricionista antes de consumir suplementos e produtos naturais.


Siga as nossas redes sociais para acompanhar as atualizações. Instagram: @vitgoldbrasil e Facebook: @vitgoldoficial



http://www.periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/revistahuufma/article/view/9044/6890 https://200.201.215.44/index.php/ensaioeciencia/article/view/663  O Consumo do Cranberry no Tratamento de Doenças Inflamatórias  Ensaios Cienc., Cienc. Biol. Agrar. Saúde, v. 18, n. 1, p. 47-53, 2014    

377 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page