top of page

BLOG VITGOLD

  • Foto do escritorVitgold

Entenda a importância da união das vitaminas D3 e K2 para ossos e coração.

Atualizado: 15 de dez. de 2023

Muitas vitaminas e minerais são essenciais para a boa saúde e manutenção de nosso corpo. Quando falamos de saúde óssea e cardiovascular as principais são a vitamina D e vitamina K, porém para conhecer mais desses micronutrientes, especificamente, das vitaminas K2 e D3 precisamos entendê-las de maneira isolada, para compreender porque elas são tão importantes juntas.


Vitamina D é um nutriente que pode ser obtido na alimentação, mas que também é produzido pelo nosso corpo, por meio da exposição solar, que é sua principal fonte. Na alimentação é encontrada em alimentos como: peixes, frutos do mar, ovos, leite, queijo, cogumelos, fígado e outras carnes.


Vale destacar, no entanto, que a absorção de vitamina D pela alimentação representa uma parcela minoritária das necessidades diárias do nutriente.

Dessa forma, por mais que existam essas fontes de obtenção de vitamina D, é possível que, em alguns casos, os níveis adequados do nutriente não sejam atingidos pela alimentação e pela exposição solar. Sendo assim, a suplementação pode ser recomendada a fim de oferecer as doses diárias necessárias.


Por que a vitamina D é tão importante em nosso corpo?


A vitamina D é reconhecida pelo meio científico como uma das substâncias essenciais para o fortalecimento dos ossos e a prevenção de doenças como o raquitismo na infância e a osteoporose, entretanto seus benefícios para a manutenção da saúde vão muito além.


Diversos estudos recentes têm demonstrado uma forte relação entre a deficiência desta vitamina com a ocorrência de várias doenças, como infecções virais e bacterianas, doenças inflamatórias intestinais, doenças autoimunes, cardiovasculares e neurodegenerativas.



Além dos benefícios para manutenção dos ossos e prevenção de doenças crônicas, estudos ressaltam o papel da ingestão da vitamina D na prevenção de várias doenças autoimunes, como diabetes mellitus insulino-dependente (DMID), esclerose múltipla (EM), doença inflamatória intestinal (DII), lúpus eritematoso sistêmico (LES) e artrite reumatoide (AR).


E sobre a vitamina K2, o que sabemos?


A vitamina K2, também chamada de menaquinona, representa um grupo de compostos lipossolúveis, os quais necessitam de gordura para seu transporte no organismo.


A vitamina K2 é responsável pelo equilíbrio do processo de coagulação do sangue evitando hemorragias e também atuando intensamente no metabolismo ósseo.

A vitamina K tem sido muito relevante para redução do risco de doenças cardiovasculares, por diminuir a calcificação dos vasos sanguíneos que é determinante para a aterogênese que é a formação de placas de gordura nas camadas das artérias.


Um ensaio clínico realizado com pacientes diagnosticados com doença coronariana identificou que a administração de vitamina K2 – forma considerada mais biodisponível - foi correlacionada com mudanças endoteliais, reduzindo a progressão da aterosclerose. (VOSSEN, L.M.; SCHURGERS, L.J.; VAN VARIK, B.J. et al.,2015.)


Mas por que unir a vitamina K2 com a vitamina D3?


Como já falamos a presença de vitamina D contribui para uma maior absorção de cálcio e fósforo na corrente sanguínea e também participa da fixação do cálcio no organismo.


A vitamina K2 é co-responsável pelo processo de absorção do cálcio no organismo, desempenhando o papel importante na condução do cálcio para o tecido ósseo, na prática, a deficiência de vitamina K influencia na deposição de cálcio em tecidos moles, como é o caso dos vasos sanguíneos.


Então, em resumo, a Vitamina D aumenta o cálcio no sangue e a Vitamina K2 fixa esse íon no osso e não deixa que ele se acumule no plasma, o que poderia levar ao endurecimento dos vasos sanguíneos, fator de risco para hipertensão arterial e doenças cardiovasculares.


Portanto, não poderíamos mais falar de saúde óssea sem falar dessa combinação de vitamina D e vitamina K2.


Cerca de 90% da população mundial tem deficiência de nutrientes no organismo e milhões de pessoas sofrem com osteoporose ou têm deficiência de Vitamina D, resultado de rotinas alimentares pouco nutritivas ou pouca exposição ao sol. Portanto, a melhor chave é a prevenção para garantir os nutrientes na alimentação cotidiana, o suplemento vai ser um grande aliado.


A união que faz a força para os ossos e protege o coração: vitaminas K2 e D3.

Fundamental associar a suplementação para que os resultados desejados sejam alcançados.


Siga as nossas redes sociais para acompanhar as atualizações.

Instagram: @vitgoldbrasil e Facebook: @vitgoldoficial


Referências:

Efeitos da vitamina K na saúde cardiovascular de atletas.


VOSSEN, L.M.; SCHURGERS, L.J.; VAN VARIK, B.J. et al. Menaquinone-7 supplementation to reduce vascular calcification in patients with coronary artery disease: rationale and study protocol (VitaK-CAC trial). Nutrients; 7(11):8905-15, 2015.


Marques, Cláudia Diniz Lopes et al. A importância dos níveis de vitamina D nas doenças autoimunes. Revista Brasileira de Reumatologia [online]. 2010, v. 50, n. 1 [Acessado 13 Dezembro 2022], pp. 67-80. Disponível em:


49 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


bottom of page