top of page

BLOG VITGOLD

  • Foto do escritorVitgold

Invista em proteção e longevidade com Selênio.

Atualizado: 8 de fev.

Resumo da Matéria:

  • O Selênio encontra-se numa quantidade maior na glândula tireoide, pessoas com deficiência desse mineral podem vir a sofrer de alterações.

  • Também contribui para a fertilidade masculina auxiliando na produção de espermatozoides e na síntese da testosterona.

  • Está ligado ao bom funcionamento do cérebro e na manutenção do humor, pois atua na prevenção da degeneração celular no cérebro.

  • A falta de selênio no organismo causa perda de memória, desânimo, baixa imunidade e queda de cabelos.

  • O Selênio é um antioxidante que possui atividade anti-inflamatória, fortalece a imunidade e exerce um papel neuroprotetor, melhorando a cognição e o raciocínio.

O selênio é um mineral que faz parte dos micronutrientes que são essenciais para o organismo, sendo encontrado nos solos e absorvido pelas plantas. A descoberta da importância deste elemento aconteceu em 1957, quando estudos identificaram o quão necessário ele é para os mamíferos, com os aprofundamentos das pesquisas foi descoberto que esse mineral estava presente em uma enzima essencial, a glutationa peroxidase, que está envolvida nas funções antioxidantes do nosso metabolismo.

Ele atua no combate aos radicais livres, que são substâncias que se formam a partir de diversos fatores alimentares, de hábitos de vida e ambientais, as quais causam inflamações e doenças degenerativas. Daí se dá sua importância na prevenção de doenças como as cardiovasculares, o Alzheimer, o Parkinson, a esclerose múltipla e o câncer (por promover uma proteção nas células contra alterações no seu DNA, fator que pode levar ao aparecimento de tumores).

O selênio também apresenta outras funções importantes como manter o cabelo, pele e unhas mais saudáveis. A carência desse mineral é uma das principais causas para a queda de cabelo.

Um componente chave para o seu sistema imunológico.

Para a imunidade os efeitos benéficos do selênio incluem a proteção do nosso organismo contra o estresse oxidativo promovendo a manutenção do sistema imunológico para responder com mais efetividade às doenças.

Por evitar o excesso de radicais livres, o selênio previne a morte celular que é o que caracteriza o processo de envelhecimento, auxiliando assim para uma vida mais longeva e saudável.

É o mineral mais presente e fundamental para a tireoide.

O selênio encontra-se numa quantidade maior na glândula tireoide, pessoas com deficiência desse mineral podem vir a sofrer de alterações nesse tecido. Foi feito um estudo para avaliar a qualidade de vida dos pacientes com Hipertireoidismo de Graves que fazem tratamentos com medicamentos antitireoidianos (ATD) associado a suplementação de selênio.

O que dizem os estudos?

Esse estudo teve um grande período de avaliação, pois durou entre 24 a 30 meses para verificar se a suplementação desse mineral iria auxiliar na redução da falha do ATD e o paciente se manteriam eutireoidiano - significa que a tireoide está funcionando normalmente - após interromper o tratamento ATD. Assim, depois do longo período de pesquisa foi comprovado que o selênio pode auxiliar no tratamento, levando ao eutireoidismo mais rápido e mantendo a essa remissão (WATT et al., 2013)

Quer ser papai? O selênio pode ajudar.

O selênio também contribui para a fertilidade masculina auxiliando na espermatogênese (produção de espermatozoides) assim como na síntese do hormônio sexual testosterona. A literatura mostra que homens com bons níveis de selênio têm mais propensão a atingir a paternidade.

Sorria! Ele também faz bem pra cabeça.

Uma informação bem pertinente nos tempos atuais que é a ligação do selênio ao funcionamento do cérebro e manutenção do humor. O selênio atua na prevenção da degeneração celular no cérebro por inibir o estresse oxidativo, estudos mostram que a deficiência do mineral geralmente é responsável por problemas de cognição em idosos.


A suplementação de nutrientes como vitaminas C, E e selênio pode estar associada a prevenção da perda neuronal que ocorre em doenças degenerativas como o Alzheimer (Batirolla, et. al., 2010).

Quais os sintomas para a deficiência de Selênio?

Os baixos níveis de selênio têm sido associados à depressão, ansiedade, cansaço e confusão mental. Uma dieta rica nesse mineral, um forte agente antioxidante, irá cooperar para a melhoria das alterações de humor, auxiliando na redução do estresse que é tão inevitável e corriqueiro para as pessoas em geral.

A falta de selênio no organismo causa perda de memória, desânimo e baixa imunidade. Por outro lado, sua deficiência pode acontecer por fatores como a baixa quantidade do mineral no solo cultivado, hábitos alimentares inadequados, pouca ingestão de proteína e elevado consumo de alimentos processados e ultraprocessados, ou por algum problema de má absorção, diarreia prolongada e aumento da excreção urinária, hipotireoidismo, por exemplo, dentre outros fatores mais específicos.

Onde encontrar o selênio na alimentação?


Os alimentos ricos em selênio são: castanha do pará, semente de girassol, carnes (o frango fornece 7 mcg a cada 100g e as bovinas, 3 mcg), ovos, atum, bacalhau, queijos (podem conter até 3 mcg), pão integral, farinhas integrais, feijão e aveia.

A ingestão de um determinado nutriente pode ser maior ou menor dependendo das necessidades bioquímicas (fatores intrínsecos) de cada um e os fatores externos a que o indivíduo é exposto que vão interferir na biodisponibilidade desse ingrediente a partir da dieta.

Geralmente a população apresenta carências de vitaminas e minerais decorrentes de maus hábitos alimentares assim como da exposição a agentes externos como a poluição, cigarro, ingestão de bebidas alcoólicas dentre outros que acabam por produzir substâncias inflamatórias (radicais livres) responsáveis pelo surgimento de doenças degenerativas. Tais fatores nos fazem compreender a importância do consumo de nutrientes antioxidantes como o selênio que promovem benefícios à saúde e uma maior qualidade de vida.


Segundo o Institute of Medicine, a ingestão média recomendada para adultos é de 55mcg/dia com uma segurança de uso até 400mcg/dia que pode ser obtida por meio da #alimentação ou #suplementação dependendo da necessidade diária de cada pessoa.

Uma das mais importantes contribuições da #nutrição para a #saúde é fornecer ao organismo todas as possibilidades de se manter saudável e equilibrado, tendo nutrientes como o #selênio como aliado para uma vida mais protegida e feliz.

Siga as nossas redes sociais para acompanhar as atualizações.

Instagram: @vitgoldbrasil e Facebook: @vitgoldoficial


Referências pesquisadas:

* Fontes: Institute of Medicine2; Institute of Medicine9; Institute of Medicine12; Institute of Medicine21; Reproduzido sob permissão #224310490

WATT, T. et al. Selenium supplementation for patients with Graves’ Hyperthyroidism (the GRASS trial): study protocol for a randomized controlled trial. Trials Journal. Compenhague. 2013, n.14:119, p. 1-10, 30 abr. 2013.


53 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

ความคิดเห็น


bottom of page